Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A inveja denomina-se pelo desejo de possuir o que outro tem, geralmente acompanhado de ódio pelo possuidor.

Este tema sempre foi algo que me intrigou bastante. Desde a emoção que ela nos causa, até aos pensamentos que ela nos traz sobre os outros. Não digo que nunca senti inveja, já senti e não foi uma ou duas vezes. Mas refletindo sobre a inveja em si, não me parece ser algo que nos traz benefícios, muito pelo contrário.

A inveja separa-nos das outras pessoas, diria tanto fisicamente como psicologicamente. Isto devido ao ódio que porventura criamos por essa pessoa, por apenas, ser, ter ou saber algo que nós desejávamos também. Mas, porquê querer o mesmo que os outros? Porque não aceitar o que temos e o que somos e sermos gratos por isso? A vida é uma jornada. Tudo o que gira à nossa volta é temporário, por isso, nada nos garante que no futuro não consigamos alcançar esse nosso desejo também. Se queremos mesmo algo, porque não trabalhar para ser ou ter isso, ao invés de odiar os outros pelo seu sucesso? Porque não parabenizá-los por isso e trabalhar para o nosso sucesso também? Tantas perguntas às quais a resposta a cada uma delas parece ser tão simples...

Concluindo, penso que a inveja é inútil. Não nos devemos preocupar com o que os outros são ou possuem. Devemos sim nos preocupar com o que nós somos e com o que temos. Querer mais não tem mal nenhum, mas odiar os outros por terem algo que nós não temos, tem. Querer ser melhor é muito bom, mas ter inveja pelos outros serem algo que nós queremos ser já é mau. São estas pequenas diferenças que podem mudar a nossa vida. Tornando-nos mais gratos, mais felizes e mais focados nos nossos objetivos. Porque não interessa o que queres ter ou ser, a partir do momento que não influencies negativamente os outros e que faças as coisas por ti.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.