Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Eu quero que todas as pessoas brancas neste auditório que gostariam de ser tratadas da mesma forma que a sociedade trata os cidadãos negros, se levantem.

Jane Elliott foi a autora desta frase. Mais à frente direi a reação da plateia.

Com tudo o que anda a correr pelo mundo, desde vídeos, frases e petições; fiquei a conhecer esta educadora que dedicou grande parte da sua vida também como ativista anti-racista. Educando uma sociedade que a única raça que existe no mundo é a raça humana e que não é a quantidade de pigmentação de uma pessoa que define como a pessoa deverá ser tratada.

Um dos exercícios mais famosos de Jane denomina-se como "Brown eyes and Blue eyes Racism Experiment". A educadora realizou pela primeira vez este exercício após o assassinato de Marthin Luther King Jr., figura tal que ela considerava ser a esperança dos EUA. O experimento consistiu em dividir a turma da primária dela na altura em crianças com olhos azuis e crianças com olhos castanhos. Em que um dos grupos era considerado mais inteligente, melhor comportado e com mais regalias, enquanto o outro, o inverso era experienciado. Ao fim de um dia, os papéis inverteram-se permitindo as crianças experienciarem os dois lados. No final, a educadora conseguiu concluir que em poucos minutos, o grupo favorecido se tornava arrogante e com pensamentos de superioridade face ao outro grupo, isto também com melhores resultados académicos. Posteriormente, foi explicado às crianças que tudo tinha sido uma brincadeira, fazendo-as perceber que não é a cor dos olhos, nem a cor da pele ou outras características das quais não temos controlo que definem a bondade ou não delas ou mesmo a inteligência ou não delas.

Identifico-me com muitas das ideias desta educadora e estou grato pelo seu trabalho que já dura há mais de cinquenta anos. É bom sentir que ainda há pessoas com a cabeça no sítio e que estão dispostas a passar isso para os outros.

Voltando à história inicial, a plateia ficou em silêncio. Ninguém se levantou e foi aí que a própria Jane Elliott disse e bem: 

Isso deixa claro que vocês sabem o que está a acontecer. Vocês não querem isso para vós. Quero saber então, porque aceitam e permitam que isso aconteça para os outros.

desiree-fawn-0tkmbWNLm9E-unsplash.jpg

Photo by Désirée Fawn on Unsplash

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.