Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Produtividade não é fazer durante um dia o trabalho de dois, é sim fazer o trabalho de um dia em meio. Não confundas produtividade com sobrecarga. Enquanto uma te consegue levar longe se for feita com consistência, a outra só te levará ao burnout. Sê verdadeiro contigo próprio sobre o que é realmente importante fazer em cada dia e faz. Limita-te a isso. O teu corpo irá agradecer e o teu futuro também. Photo by Jessica Lewis (...)
Há uma frase que diz "tu és a média das 5 pessoas com quem passas mais tempo". Eu acredito nessa frase, contudo, não por inteiro. Isto porque uma pessoa não se define apenas pelas pessoas com quem ela se dá. É apenas uma parte disso, isto é um pouco mais complexo. O nosso ambiente externo, define muito aquilo que nós somos e sentimos no dia-a-dia. O problema é que em tempos de isolamento social, o que nós éramos e sentíamos há uns meses para cá, pode ter vindo a mudar. (...)
Há cerca de 1 mês atrás, deparei-me com uma app para telemóvel que achei muito interessante. Decidi experimentá-la e, tenho a dizer que 1 mês depois, é uma das apps que tenho utilizado mais. Uma app tão simples mas que me dá tanto jeito... Pensei que muitos de vós também a iriam achar interessante, por isso vim aqui hoje falar dela. A app chama-se Instapaper e permite guardares todo o tipo de artigos, Blog posts que (...)
É fácil nos sentirmos ocupados, mas mais difícil sermos produtivos. E por vezes confundem-se estes dois conceitos. Quando estamos ocupados, a trabalhar em algo, não significa necessariamente que estamos a ser produtivos. [Eu que o diga, por vezes a procrastinação apodera-se de mim.] Ser produtivo não é fácil. É todo um conjunto de diferentes variáveis que têm de estar em sintonia umas com as outras. A capacidade de concentração, o ambiente externo, a organização, a (...)
Por vezes os horários são difíceis de cumprir. Sendo que muitas vezes nem é por preguiça ou ignorância. Mas sim devido ao nosso relógio biológico. Umas pessoas são mais produtivas à noite, outras são mais produtivas de manhã. Com isto podemos distinguir dois tipos de pessoas: os notívagos e os madrugadores. Os notívagos, por regra, odeiam acordar cedo. De noite, não têm pressa em ir para a cama. E tem a sensação que o trabalho mais produtivo deles rende mais ao fim da (...)
20 Out, 2019

O poder da música

A música é algo fabuloso. É uma arte. Ninguém consegue ficar indiferente a ela. Consegue provocar sentimentos e emoções que poucas outras coisas conseguem. Sendo até por vezes, quase que medicinal, diria eu. É espetacular a forma como a música consegue mudar o nosso humor. Dependente daquilo que ouvimos, isso vai fazer com que nos sentimos de uma determinada forma. Isto porquê? Porque ela mexe connosco. Faz com que fiquemos no ritmo e isso entra-nos na cabeça. Influenciando (...)
Durante meses, dormia 6-7h por dia. Por vezes menos, nas alturas em que a Faculdade apertava mais, mas pelo menos 6 horas tentava dormir sempre. Isto, todos os dias, voluntariamente. Independentemente se fosse dia de semana ou fim de semana acordava sempre à mesma hora: 6h da manhã. Esta foi a minha rotina durante alguns meses. Sentia-me bem e produtivo. Mesmo sabendo que era recomendável dormir pelo menos 8 horas, não sentia necessidade de mudar. Tinha a minha vida bem organizada (...)
Após a primeira semana de aulas ( já passaram duas, mas foi nesta que tive mesmo aulas, na primeira semana nunca há quase nada), correu tudo bem. Ainda não senti um aumento de pressão que o 3°ano vai certamente acarretar. Ainda é cedo para tal, mas mais tarde ou mais cedo vai acontecer. E para diminuir os stresses que este ano letivo me vai oferecer, quero aproveitar os meus domingos para organizar a semana seguinte. Pessoalmente prefiro ter a minha vida organizada digitalmente. (...)
23 Set, 2019

#DesafioMenoséMais

Como prometido é devido, de seguimento ao post de sexta feira, hoje começa o desafio de baixar as horas de ecrã! Mais especificamente, combater o vício das redes sociais. Tenho consciência que gasto demasiado tempo nelas. Dou por mim a ir ao instagram inconscientemente. Ligo o telemóvel e clico logo no sítio onde a aplicação se encontra. Isto para mim é assustador. É um (...)