Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Sempre gostei de aprender coisas novas. E, até aqui, sempre tive algumas ideias de coisas que jogava de aprender a fazer ou mesmo melhorar o que já faço. Hoje foi o dia em que passei essas ideias para o papel, ou melhor, para uma página na aplicação Notion. Sabia que queria aprender várias coisas, não sabia é que eram tantas! Realmente ao ter ali tudo escrito e descrito deu-me clareza para saber exatamente tudo aquilo que quero fazer! Estou mortinho para que esta época de exames (...)
Por vezes tenho dificuldade em me adaptar a imprevistos. Não devido ao sistema que uso para me organizar em si, apenas sinto que mexe demasiado com o meu psicológico. Não é o facto de deixar uma tarefa que tinha planeado para fazer de manhã, ter de fazê-la mais tarde. É sim, o facto de não seguir exatamente o que tinha planeado, na ordem que tinha planeado. Podes perguntar: Então, mas qual é a diferença de fazer algo agora, ou mais tarde? No final do dia, acabas com o mesmo feito.  (...)
Produzir conteúdo sobre algo que não amamos realmente, nunca é boa solução. Nem no presente, porque iremos estar a dispender tempo a criar algo que não gostamos; nem no futuro, porque se o continuarmos a fazer, não iremos conseguir continuar com essa rotina por muito tempo. Acabando por desistir de um projeto que tinha pernas para andar se o criador apenas se limitasse a expressar o que lhe ia na alma. Seja na escrita, no ramo da música, ou dos vídeos; tudo se torna mais fácil (...)
Já deixaste de escrever algo por pensar que isso não seria útil para ninguém? Muitas pessoas cometem esse erro. Mas, a verdade é que essa não é a tua função. O trabalho do criador é criar. O trabalho do público é consumir e avaliar. É impossível saberes se algo é ou não realmente útil, apenas o público o dirá. Pois enquanto algo não é útil para umas pessoas, pode ser útil para outras. Foca-te em criar e permite ao público tirar os benefícios disso. PS: Envia este (...)
Os últimos 2 meses têm sido diferentes de qualquer época que já tenhamos experienciado, ou pelo menos, falo por mim, que eu tenha experienciado. Com isto, tenho navegado mais pela Internet, tenho lido mais, no fundo, tenho-me exposto a mais informação à que estava acostumado. Consequentemente, tenho-me deparado com tanta coisa interessante de saber e experienciar que começo a achar que a vida é demasiado curta para conseguir fazer isto tudo. Acredito que não te estou a dizer nada (...)
Amigos são pessoas diferentes de ti, mas iguais a ti ao mesmo tempo. Amigos são pessoas com quem podes falar durante horas como se passassem 5 minutos. Conversas em que se perde a noção do tempo e que pagavas para que esse tempo passasse mais devagar. Amigos são chamas acesas que tornam significante a nossa tão insignificante vida. Amigos por vezes são a razão de fazermos o que fazemos. Pois dão-nos força e motivação que para que tudo aconteça. Amigos são ombros de conforto (...)
A procura e a aprendizagem de novas habilidades quer seja por livros, vídeos ou mesmo por convívio com pessoas especializadas num determinado campo é importante para o nosso crescimento. Tanto como pessoas como profissionais nesse mesmo campo.  Ao aprendermos e nos apercebermos de alguns dos métodos e princípios que levaram determinadas pessoas a prosperar nos seus campos, muitas pessoas tendem a reproduzir esses mesmos princípios para consequentemente, eventualmente alcançarem os (...)
Ninguém tem mais tempo que ninguém. Apenas existem umas pessoas que gerem o tempo melhor que outras. Se achas que não tens tempo, estás errado, todos temos as mesmas 24 horas, apenas os gastas de forma diferente e, pelos vistos, gasta-os mal. Para teres o teu tempo de volta, há que primeiramente perceberes em que é que realmentegastas o teu tempo. Faz este exercício durante uma semana e aponta tudo na medida do possível. Desperdiças demasiado tempo a cozinhar? Aponta isso. (...)