Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

naom_593eea4b11f28.jpg

Insónias é o tema de hoje. Recentemente tenho pesquisado um bocado sobre este tema, por isso, resolvi abordá-lo aqui no Blog para, quem sabe, ajudar pessoas com este problema. Se tens este problema, fica para saber como minimizar os danos que esta condição traz, se não tens, fica na mesma para aprenderes mais, porque há sempre espaço para mais conhecimento!

 

O que são as insónias?

Insónia é um distúrbio de sono que pode ser caracterizado por dificuldade em adormecer, ou mesmo dificuldade em dormir durante muito tempo. E, mesmo que essas pessoas durmam algum tempo, quando acordam, sentem-se como se não tivessem dormido, exautas e sem energia.  Este distúrbio pode ser causado por vários fatores.

 

Quais as causas das insónias?

As insónias podem ser causadas por stress, ansiedade, hábitos de sono irregulares, ambiente inadequado, estimulantes (café, bebidas energéticas, etc), problemas respiratórios, entre outros...

 

Como se previnem as insónias?

Não sou nenhum especialista para te dizer como se tratam as insónias, nesse caso, deves procurar um, para te ajudar no teu caso. Porque, uma coisa que aprendi, é que cada caso é um caso e muitas vezes um tratamento pode resultar para uma pessoa, mas pode não resultar para outra. Uma coisa que, não é tratamento, mas pode ajudar-te a minimizar os danos que a insónia te traz é mudares os teus hábitos de sono, para ser mais provável adormeceres e ter uma noite de qualidade. Caso não tenhas insónias, as dicas que vou dar servem também para as prevenires. 

Já falei sobre como ter uma noite com qualidade de sono e passa muito por aí. Passa por: utilizar a tua cama somente para dormir, certificares-te que o teu quarto encontra-se num ambiente acolhedor para dormires, escuridão total é o ideal para uma boa noite de sono, evitar bebidas estimulantes algumas horas antes de dormir, evitar luzes azuis (como a luz do teu telemóvel, etc), entre outras... Podes ver as 5 dicas que dei para melhorares a tua qualidade de sono aqui

 

Espero que este post te tenha sido útil, que tenhas aprendido mais sobre este distúrbio de sono e que tenhas ficado mais alerta para situações destas.

Até à próxima,

Gonçalo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.