Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A nossa cabeça é perita em supor o que acontece no futuro. O problema é que a grande maioria das suas suposições estão bem longe do que acontecem na realidade (felizmente). Servindo quase exclusivamente para nos fazer sofrer por antecipação. Algo que não é desejado de todo, principalmente quando não está dentro do nosso controlo.

Todas as suposições que a nossa cabeça cria por algo, o sofrimento e a dificuldade que nelas acarretam, quando dividido por metade ou até por um terço (!) tornam-se assim um bocadinho mais realistas. A verdade é que nada é tão mau quanto aparenta ser. Acredito que tu próprio já tiveste várias situações destas. O contrário também se aplica, mas claramente não em tão grande escala.

Estas suposições são importantes sim para percebermos os vários resultados posíveis dos diferentes acontecimentos. Claro que elas estão demasiado inclinadas para o pessimismo, mas parte de nós aceitarmos isso, percebermos que é a nossa realidade e que provavelmente não há tanta razão para stressar como pensamos. 

Com isto, a mensagem que gostaria que se passasse é que sim, o nosso cérebro cria muitos possíveis resultados para os mais variados acontecimentos, mas que eles não estão nem próximos do que muitas vezes ocorre de facto. Cabe a nós ouvirmos o que ele tem a dizer e aceitarmos. Não stressarmos nem mais nem menos por isso. Porque no final do dia, o que podemos fazer é controlar apenas o que está sobre o nosso controlo. Tudo o resto, apenas o tempo o dirá.

fernando-cferdo-6x2iKGi6SPU-unsplash.jpg

Photo by Fernando @cferdo on Unsplash

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.