Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Há pouco mais de duas semanas implementei um novo hábito na minha rotina diária: Morning Pages. Deparei-me inicialmente com este hábito e conceito através da Newsletter de Ali Abdaal, na qual ele falou um bocado delas e o quão têm influenciado para melhor a vida dele. Lido isto, decidi experimentar e posso dizer que tem sido um sucesso.

As Morning Pages, tal como o nome indica, são páginas que são escritas de manhã. Idealmente três páginas, que são escritas de manhã. Estas não têm de ser consideradas arte, nem coisa parecida, têm apenas o intuito de agarrar tudo o que o teu consciente quer despejar cá para fora, tornando-se assim mais leve e claro.

Pessoalmente, não tenho seguido estas "regras" mas optei mesmo assim por denominá-las como tal. Costumo escrever quando me lembro, honestamente; umas vezes de manhã, outras vezes à tarde. Também não costumo escrever precisamente três páginas. Começo a escrever sem limite de tempo ou de páginas. Existindo dias em que escrevo mais, outros em que não escrevo assim tanto, tudo baseado na minha necessidade. 

Estas minhas páginas contêm basicamente o que me estava a passar pela cabeça no momento em que as escrevi. Algo que estava a pensar na altura, alguma preocupação, algum projeto, alguma coisa. Sei que pode parecer um hábito um pouco simplista demais, sem grande espaço para benefícios, mas a verdade é que traz e consigo enumerar alguns. O primeiro benefício que tenho notado é na leveza. Tanto da minha escrita como do meu pensamento. Como estas páginas não têm necessariamente de ser boas, pois são somente para mim, isso retira qualquer resistência que tenha à escrita e ao pensamento. Outro benefício passa por ter melhorado significativamente a minha criatividade. Neste ponto, consigo comparar este hábito com o facto de pensarmos alto. Falando alto, para nós, sem ninguém necessariamente estar connosco. Escrever estas páginas assemelha-se um bocado a isso. Como se estivéssemos a falar com alguém, sendo que na verdade estamos: a falar connosco. Já tendo surgido várias vezes na escrita, alguma ideia tanto aqui para o Blog como para a minha vida pessoal.

Posto isto, desafio-vos a escreverem também as vossas Morning Pages. Pode ser que seja uma boa surpresa, gostem do sentimento e continuem, só saberão isso quando experimentarem. Parece-me um bom hábito para experimentar agora em tempo de quarentena, especialmente para limpar as nossas cabeças que nesta altura apresentam-se tantas vezes turvas. Se assim decidirem experimentar, gostava de saber as vossas opiniões sobre este hábito. Até lá, boa escrita!

aaron-burden-CKlHKtCJZKk-unsplash.jpg

Photo by Aaron Burden on Unsplash

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.