Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

images.jpg 

Em Fevereiro do ano passado eu decidi mudar os meus hábitos. Comecei por (tentar) acordar mais cedo. Queria mais tempo. Mais tempo para mim, para fazer a minha rotina matinal. E a solução que encontrei foi acordar mais cedo, já que é difícil arranjar tempo a meio do dia devido à faculdade. Mas, não vou mentir, muitas vezes, durante esta jornada, não me levantei com o tocar do despertador. Mas isso é uma coisa que até tenho melhorado desde há uns tempos para cá.

 

Comecei por colocar o despertador para as 7h. Independemente do dia da semana e dos meus planos para o dia, ia acordar à mesma hora todos os dias. Exceto alguns dias que tenho de acordar ainda mais cedo para conseguir chegar a horas à faculdade. O que achei difícil (e ainda acho) é conseguir manter as horas de sono necessárias e mesmo assim acordar às horas que quero acordar. Por vezes, é difícil gerir o meu final de dia. Porque tenho uma certa hora para ir dormir e às vezes é simplesmente impossível já estar a dormir àquela hora. Mas vou-me adaptando.

 

Hoje em dia, tento acordar entre as 6h e 6:30, de acordo com os meus horários e disponibilidades. Fui reduzindo a hora de acordar gradualmente, para não sofrer um impacto muito grande e para o meu corpo se ir habituando e tenho a dizer que tem corrido muito bem! Sempre fui uma pessoa que gostava de se deitar tarde, gostava do silêncio da noite. Hoje, continuo a gostar, mas prefiro as manhãs. Gosto de acordar e estar toda a gente a dormir. De começar o dia primeiro que toda a gente. Assim, quando a maioria das pessoas acordar tu já fizeste mil e uma tarefas e estás pronto para começar o dia. Estes momentos todas as manhãs, dão-te motivação e energia para o resto dia.

 

O meu objetivo é acordar entre as 5:30 e as 6:00, horário esse que de momento não dá para mim, porque tinha de ir dormir muito mais cedo, mas acredito que no futuro consiga.

 

E tu? Já alguma vez pensaste nisto?
Deixa a tua opinião nos comentários, iria gostar de a ler.

Até à próxima,
Gonçalo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.