Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Por vezes os horários são difíceis de cumprir. Sendo que muitas vezes nem é por preguiça ou ignorância. Mas sim devido ao nosso relógio biológico. Umas pessoas são mais produtivas à noite, outras são mais produtivas de manhã. Com isto podemos distinguir dois tipos de pessoas: os notívagos e os madrugadores.

Os notívagos, por regra, odeiam acordar cedo. De noite, não têm pressa em ir para a cama. E tem a sensação que o trabalho mais produtivo deles rende mais ao fim da tarde ou mesmo à noite. Os madrugadores gostam de acordar cedo. Faz-lhes sentir bem, faz-lhes sentir vivo. Certificam-se que todos os dias vão dormir cedo, porque sabem que no dia a seguir o dia deles vai começar bem cedinho também. Eles gostam de trabalhar de manhã e é aí que fazem o seu trabalho mais produtivo, enquanto toda a gente ainda está a dormir. 

Eu, pessoalmente, identifico-me muito com o lado madrugador. Por vezes não sou tanto quanto queria, pois os meus horários escolares não o permitem, mas desejo um dia poder ter essa liberdade.

O que gosto das manhãs é o sossego. O sossego inigualável ao resto do dia. Esse sossego com o observar do nascer do sol, tenho-vos a dizer, há poucas coisas melhores que isso. É uma sensação inexplicável. Só estando presente e sentindo. Gosto de trabalhar de manhã. Saber que estou a trabalhar em mim quando ainda está tudo a dormir, não sei, faz-me sentir bem e funciona até como motivação. Quase como se estivesse sempre um passo à frente do mundo. Esta é a magia das manhãs.

Este sou eu. Gostava de saber de que lado estás tu. Partilha. 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.