Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Passamos a nossa vida académica toda a estudar para tirar as melhores notas possíveis. Tudo com o intuito de ter um bom emprego, para conseguir ter uma boa vida e assim viver bem. Mas, será que estudar tanto com o objetivo de ter as "melhores notas" valerá assim tanto a pena?

Esta é uma pergunta demasiado complexa para ser respondida de forma única. Eu diria sim e não. Faz-me sentido que se estude muito, que se sacrifique muito tempo e oportunidades em busca do nosso grande sonho. Como por exemplo ao tentar entrar para faculdades com médias extremamente altas, como é o caso de Medicina. Mas por outro lado, diria que não.

Não acredito na ideia de que tirando melhores notas teremos mais chances de ter melhores empregos e consequentemente melhores vidas. Não é tão linear assim. Existe muitas variáveis a ter em conta e "melhor média" não é de todo a mais importante. 

Sendo um estudante na área da saúde, esforço-me para aprender, para saber fazer, para perceber o que me estão a explicar. Deixando assim tudo o que é notas, médias, o que sai ou não nos exames para secundário. Ao focar na aprendizagem e não nos valores quantitativos dos exames, consigo concentrar-me mais facilmente, tirando um peso enorme de mim próprio. E não é por isto que as notas vão baixar, porque se te esforçares a aprender, as notas virão na mesma. Digamos que eu preocupo-me em ter notas suficientemente boas, conseguindo ter tempo para outras atividades que também gosto de fazer: como correr, ler e escrever. Decidi não sacrificar estes meus hobbies que acredito que me ajudam a evoluir como pessoa e fazem-me bem tanto fisicamente como psicologicamente. Tenho noção que se abdicasse deles não estaria bem comigo próprio. Talvez conseguisse estudar mais, ou então não.

Por enquanto estou a gostar da minha abordagem à vida. Faço de tudo um pouco. Dedico o meu tempo às várias atividades que me satisfazem: tanto o curso, como o correr, a leitura, a escrita e muito mais. Estou bem assim e não me via de outra forma.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.