Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Ninguém te conta tudo. Habitua-te a isso. O que antes era difícil saber, hoje é mais fácil. Procura tu saber as coisas. Não dependas de terceiros para ficares a saber do que tu quiseres saber. Caso contrário, nunca o vais saber, infelizmente.

Todos os dias tanto encontramos pessoas que sabem algo que nós não sabemos, como passamos por pessoas que não sabem algo que nós sabemos. O que é recorrente é ambas as partes não partilharem dos seus conhecimentos um com o outro, ajudando-se assim mutuamente. E é normal isto acontecer. Seja inconscientemente ou por falta de interesse (de ambas as partes).

A verdade é que por muito que haja pessoas com más intenções, ainda existem pessoas com boas. Que ajudam os outros quando têm oportunidade para tal. E que até ficariam contentes se conseguissem ajudar com algo, nem que seja ensinar-te algo que não sabes. Mas para isso, a pessoa que quer aprender tem de procurar aprender. E é nisso que se baseia toda a nossa vida.

Quando somos pequenos, os nossos pais colocam-nos na escola para aprender. Com a intuição de que, daqui a uns anos, com todo o nosso conhecimento nos encaixemos na sociedade e no mercado de trabalho de alguma forma. O problema é que à medida que os anos passam, o modo de ensino vai mudando e chega uma altura em que já não te ensinam praticamente nada por iniciativa própria. E se não procuras aprender, não aprendes. Tornando mais difícil a tarefa de encaixar na sociedade.

Mas, a boa notícia nisto tudo é que nos dias que correm toda a informação que quisermos está à distância de um clique. Isto, para além de sempre termos as pessoas à nossa volta para nos ensinar. Pois é uma forma muito mais natural, descontraída e criativa de aprender e é a minha preferida. Assim, podemos aprender tudo o que quisermos. Porque, como se diz: o conhecimento não ocupa espaço. É preciso é querer.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.