Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Jornada de um Estudante

Um estudante da vida, que escreve do que pensa, do que vê e do que sente

Como ganhar controlo da tua vida?

20.05.20 | Gonçalo

Ninguém tem mais tempo que ninguém. Apenas existem umas pessoas que gerem o tempo melhor que outras. Se achas que não tens tempo, estás errado, todos temos as mesmas 24 horas, apenas os gastas de forma diferente e, pelos vistos, gasta-os mal.

Para teres o teu tempo de volta, há que primeiramente perceberes em que é que realmente gastas o teu tempo. Faz este exercício durante uma semana e aponta tudo na medida do possível. Desperdiças demasiado tempo a cozinhar? Aponta isso. Desperdiças demasiado tempo nas redes sociais? Aponta isso. Utilizas pouco tempo nos estudos e noutros trabalhos que tenhas para fazer? Aponta isso também. No final da semana, se tiveres sido consistente com este exercício, terás uma síntese com as atividades que realizas do teu dia-a-dia bem como o tempo dispendido nelas.

De seguida, com a síntese das tuas atividades, vais sentar-te e refletir sobre isso. Vais olhar para o que fazes no dia-a-dia e para o tempo que gastas em cada uma delas e questionar-te se esse é tempo que realmente querias gastar. Feito isso, vais tentar encontrar soluções para diminuir o tempo dispendido naquelas que achas que desperdiçavas demasiado. 

- Se o teu problema são as redes sociais - limita o tempo para um que aches adequado. Ou se isso não resultar, desinstala mesmo a aplicação e instala cada vez que a queiras utilizar. Isso irá criar a resistência necessária para que não entres na aplicação inconscientemente.

- Se desperdiças demasiado tempo a cozinhar - experimenta preparar as refeições com antecedência.

- Se tens dificuldade em arranjar tempo para estudar - planeia uma hora com antecedência que esteja livre e dedica-te ao máximo nessa hora. Arranja furos que tenhas durante o dia, esses também podem ser bastante produtivos. Lembra-te: qualquer minuto conta!

Após algumas semanas, com a rotina formulada, é provável que sintas que o teu dia está maior. Que as 24 horas de agora, não são as mesmas 24 horas de outrora, estas até parece que esticam! Mas, na verdade, apenas te tornaste consciente do tempo que dispendes no dia-a-dia. Sendo tu, finalmente, o condutor do teu próprio dia e não apenas mais uma folha ao sabor do vento.

veri-ivanova-p3Pj7jOYvnM-unsplash.jpg

Photo by Veri Ivanova on Unsplash