Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Como prometido, deixo aqui, muito resumidamente, algumas notas que eu tirei ao ler o livro A Força do Hábito de Charles Duhigg. 
 
Um estudo descobriu que de todas as ações que fazemos no dia a dia, 60% são realmente as nossas decisões. Os outros 40% são responsáveis pelos nossos hábitos. Ou seja, quase metade das nossas ações funcionam como um piloto automático. É uma forma que o nosso cérebro encontra de economizar energia.
 
Para entender os hábitos temos de conhecer o ciclo do hábito. O ciclo do hábito é constituído por 3 partes:
  • Deixa
  • Rotina
  • Recompensa

    drr.jpg

     

A deixa funciona como um gatilho que dispara um sinal no cérebro para começar uma atividade - uma rotina. Esse sinal pode ser disparado por um local, um objeto ou até por um sentimento.
 
A rotina pode ser física, emocional ou mental e é sempre realizada quando deparada com a deixa.
 
A recompensa é uma espécie de prémio por ter realizado a tarefa. Ela ajuda o cérebro a avaliar se vale a pena lembrar para o futuro este ciclo em particular. Ou seja, quanto mais prazerosa for essa recompensa, maior será o desejo de repetir a rotina e consequentemente mais facilmente o hábito se repitirá.
 
Muitas pessoas querem criar hábitos mais saudáveis ou mudar hábitos antigos.
A criação de um novo hábito provém de criar uma forte conexão entre a deixa e a recompensa. Suponhamos que queres começar a fazer exercício físico todos os dias. Como deixa podemos ter por exemplo uma hora específica ou até um objeto para dar origem à rotina. Depois da rotina, como recompensa poderíamos ter por exemplo a sensação de dever cumprido, o bem estar, ou até aquele doce que nos apetecia tanto.
 
Ou seja, na criação de novos hábitos, não devemos nos focar na rotina e sim na conexão entre a deixa e a recompensa.
 
Na mudança de hábitos aplica-se o mesmo conceito. É preciso disciplina e força de vontade para se conseguir isso, mas o segredo é arranjar uma rotina mais saudável que procure as mesmas recompensas. Ou seja, à luz da mesma deixa, realizar uma rotina nova, obtendo as mesmas recompensas!
 
 
Espero que isto te tenha ajudado! Se te ajudou, deixa um comentário, gostava de saber a tua história!
Até à próxima,
Gonçalo