Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

A Jornada de um Estudante

Um Blog sobre aprender, ensinar e criar online.

Esquecemo-nos de muita coisa, e fico mesmo triste em relação a isso. Tenho 20 anos, e sinto que já vivi tanto [apesar de ainda só ter passado cerca de 1/4 da minha vida]. E nesses 20 anos lembro-me de tão pouca coisa. Não que eu tenha memória de peixe, eu por acaso considero que tenho uma memória bastante boa, mas, refletindo sobre o passado, parece muito pouco sabendo aquilo que me lembro e aquilo que eu já devo ter passado. É que 20 anos são 240 meses. E esses 240 meses (...)
12 Nov, 2019

Limitações do Ser

Todos os dias acontece-nos algo mau. Algo que nos faz ficar triste ou chateado. Algo que nos faz pensar "Porque é que tem de me acontecer isto a mim?". A verdade é que a vida é cruel e injusta. Acontecimentos destes, felizmente ou infelizmente, são muito comuns ocorrerem. Sendo por vezes difícil lidar com eles. Mas é inevitável. Não podemos fazer nada em relação a isso. Se evitarmos uns problemas, vão aparecer outros para os substituir. Não se pode fugir ao caos para sempre e a (...)
Já pensaste se tu fosses a única pessoa deste mundo? E que tudo o resto era abstrato e criações da tua imaginação? Nunca pensaste nisso? Compreensível e ainda bem. Esta é uma teoria chamada Solipsismo. De acordo com a Wikipédia: "O solipsismo designa uma doutrina filosófica que reduz toda a realidade ao sujeito pensante; doutrina segundo o qual só existem efetivamente o eu e suas sensações, sendo os outros entes (seres humanos e objetos), como participante da única mente pensante (...)
Ultimamente tenho lido muitas perguntas e respostas no Quora, bem como alguns blogs que gosto de acompanhar. Com isto, tenho reparado que há demasiadas listas de "Como ser produtivo", "Como ser bem sucedido", entre outras. Atenção, eu sou suspeito. Admito que gosto deste tema e até o procuro de vez em quando para saber o que as pessoas têm a dizer. O problema é que há pessoas que podem levá-las demasiado a sério. Tomá-las como uma receita mágica para o sucesso. Como se fosse (...)
Omitir não é melhor que mentir. Não é melhor nem pior. Não é por não dizer nada ao invés de dizer algo que não a verdade, que isso vai ser melhor. Poderá ser mais apelativo, para algumas pessoas, mas a verdade é que leva ao caos e à destruição da mesma maneira. Há uns posts atrás falei da mentira. Disse alguma coisa do género que mentir não consistia só em mentir ao próximo, mas mentir também a si mesmo. Porque ao pronunciar, ao dizer alto a mentira, estamos a (...)
Somos uma espécie difícil de contentar. Ao ponto de pensarmos que algo nos satisfaz quando na verdade não é isso que acontece. Definimos metas e dizemos a nós próprios que ficaremos felicíssimos se as atingirmos, mas infelizmente por vezes ocorre é o contrário. Ficamos insatisfeitos. E porquê? Porque pensamos que podíamos ter dado ainda mais, definindo assim, posteriormente, uma meta ainda maior. Desta forma  metemos demasiada pressão sobre nós próprios. Não ficando (...)
07 Out, 2019

A vida dos outros

Já pensaste como é a vida das pessoas que vês à volta? Não de uma forma interesseira ou invejosa, mas de uma forma interessada e curiosa.  Fiquei a pensar nisto hoje no comboio. Porque há pessoas ricas, há pessoas pobres, há umas empregadas, outras não, há pessoas com muitos problemas, outras nem tanto. E ali, naquele momento no comboio, eu não via nada disso. Eu via apenas a pessoa. Olhei para cada uma delas individualmente a pensar como teria sido o dia delas. E era (...)